Cirurgia Ortognática

c.o

O que é a cirurgia?

cirurgia ortognatica

A cirurgia da mandíbula corretiva, ou ortognática, é realizada por um cirurgião bucomaxilofacial para corrigir
uma ampla gama de pequenas e grandes irregularidades esqueléticas e dentárias, incluindo o desalinhamento das mandíbulas e dentes. A cirurgia pode melhorar a mastigação, a fala e a respiração. Embora a aparência do paciente possa ser dramaticamente melhorada como resultado de sua cirurgia, a cirurgia ortognática é realizada para corrigir
problemas, em média leva-se de 6 meses à 1 ano, o preparo para a cirurgia Ortognática, que consiste na mudança de posição dos maxilares harmonizando a mordida e melhorando dores de cabeça, pescoço e dores na articulação temporomandibular, como também a estética facial.

 

 

 

 

A seguir estão algumas das condições que podem indicar a necessidade de cirurgia corretiva de mandíbula:

• Dificuldade em mastigar ou morder a comida
• dificuldade para engolir
• Dor de cabeça , dor da articulação da mandíbula ou da mandíbula crônica (ATM)
• Desgaste excessivo dos dentes
• Mordida aberta (espaço entre os dentes superiores e inferiores quando a boca está fechada)
• Aparência facial desequilibrada pela frente ou lado
• Lesão facial ou defeitos congênitos
• queixo recuando
• mandíbula saliente
• Incapacidade de fazer os lábios se encontrarem sem esforço
• Respiração bucal crônica e boca seca
• Apnéia do sono (problemas respiratórios ao dormir, incluindo roncos)

 

Correção de Deformidades Dentofaciais Comuns

 

open bite

Corrigindo uma mordida aberta:

Parte do osso na porção superior da mandíbula é removida.
A mandíbula superior é então presa posição com placas e parafusos.

 

 

protruding jaw

 

Corrigindo uma mandíbula saliente:

O osso na parte traseira da mandíbula é separada da parte da frente e modificado para que o dente-rolamento porção da mandíbula inferior pode ser movida de volta para o alinhamento adequado.

 

weak chin

Corrigindo uma mandíbula inferior recuada ou “Queixo Fraco”:

O osso na parte inferior da mandíbula é separada da sua base e modificado. Porção dente-rolamento da mandíbula e uma porção do queixo são reposicionados para a frente.

 


Quem precisa de correção cirúrgica das deformidades esqueléticas?

As pessoas que podem se beneficiar incluem aquelas com uma mordida inadequada resultante de dentes e / ou mandíbulas desalinhadas.Em alguns casos, as mandíbulas superior e inferior podem crescer em taxas diferentes. Lesões e defeitos congênitos também podem
afetar o alinhamento da mandíbula. Enquanto a ortodontia pode geralmente corrigir problemas de mordida, ou “oclusão”, quando somente
os dentes estão desalinhados, pode ser necessária uma cirurgia corretiva dos maxilares para corrigir o desalinhamento das mandíbulas.

MARQUE AGORA MESMO SUA CONSULTA!

 

button agende pelo whatsapp

button agende pelo site 1

 

Avaliando sua necessidade de cirurgia

Seu dentista, ortodontista e cirurgião bucomaxilofacial trabalharão juntos para determinar se você é um candidato para cirurgia. O  Ortodontista e o Cirurgião Bucomaxilofacial determinam qual procedimento cirúrgico é apropriado e executa a cirurgia real. É importante entender que o seu tratamento, que provavelmente incluirá ortodontia antes e depois da cirurgia, pode levar vários anos para ser concluído. Seu cirurgião bucomaxilofacial e ortodontista entendem que este é um compromisso de longo prazo para você e sua família. Eles vão tentar estimar de forma realista o tempo necessário para o seu tratamento.
A cirurgia corretiva pode reposicionar toda ou parte da mandíbula superior, maxilar inferior e queixo.

Quais os benefícios deste tratamento ortodôntico e cirúrgico?

Melhoria da relação entre os dentes, músculos e esqueleto
Melhoria da respiração
Melhoria do posicionamento da musculatura do pescoço
Melhoria do posicionamento da língua
Melhoria da fonação e da articulação das palavras
Melhoria da oclusão e da articulação temporomandibular
Melhoria da mastigação e da digestão
Melhoria no relacionamento social

Como é realizada a cirurgia?

Antes é feita a preparação do paciente com todos os exames necessários. O diagnóstico e o planeamento da cirurgia são realizados minuciosamente antes da cirurgia por meio de modelos de estudo montados em articulador, radiografias e traçados cefalométricos. O planeamento leva muito mais tempo do que a própria cirurgia.

A cirurgia é realizada sob anestesia geral. O paciente é internado na manhã da cirurgia em "jejum absoluto" (não pode comer nenhum tipo de alimento nem tomar água nas 10hs antes da cirurgia) e dependendo da situação o paciente recebe alta no dia seguinte. A cirurgia é realizada através da cavidade oral, não deixando cicatriz na face. O esqueleto é fixado com mini-placas e parafusos de titânio não permitindo micromovimentação dos ossos. Na pós-cirurgia é normal surgir inchaço na face o qual diminui ao fim de alguns dias.

Quais são os cuidados Pós Cirúrgicos?

A alimentação deve ser fria e mole.
A utilização de gelo diminui o inchaço e deve ser usado frequentemente nas primeiras 24 horas.
Cumprir rigorosamente a medicação prescrita.

mulher bolha sabao 0816 1400x800

   

 

 

 

Tratamentos

Contato

  • Endereço: R. Min. Viveiros de Castro, 32 - Copacabana, Rio de Janeiro - RJ, 22021-01

  • Tels: (21) 2244-8190 | 98799-5352

© Dr Marcello O. Burlamaqui |Todos os direitos reservados.

 

 

 

Desenvolvido Por Igor Ramos tel: (021)96979-1126

www.000webhost.com